Hiperplasia prostática benigna

A hiperplasia benigna da próstata (HPB) é um aumento na glândula prostática causado pelo processo de envelhecimento normal, e não por um câncer. A próstata é uma glândula do tamanho de uma noz que está envolvida na produção de sêmen. Ela fica localizada na frente do reto e abaixo da bexiga. A bexiga armazena a urina e a uretra é o tubo que leva a urina para fora do corpo. A próstata pode aumentar conforme o homem envelhece.

Uma próstata aumentada pode pressionar a uretra. Isso pode tornar difícil a passagem da urina. O acúmulo de urina na bexiga pode causar infecção A pressão posterior e a infecção podem progredir para uma lesão na bexiga e insuficiência dos rins (renal).

Quais são as causas?

Essa condição é parte normal do processo de envelhecimento. Entretanto, nem todos os homens desenvolverão problemas por causa dessa condição. Se a próstata aumentar no sentido oposto ao da uretra, o fluxo de urina não será bloqueado. Se aumentar em direção à uretra e comprimi-la, haverá problemas na passagem da urina.

O que aumenta o risco?

Esse quadro clínico tem maior probabilidade de se manifestar em homens com mais de 50 anos de idade.

Quais são os sinais ou sintomas?

Os sintomas desse quadro clínico incluem:

•    Levantar frequentemente à noite para urinar.

•    Necessidade de urinar com frequência durante o dia.

•    Dificuldade para iniciar o fluxo de urina.

•    Diminuição do tamanho e força do fluxo da urina.

•    Vazar (escorrer) urina após terminar de urinar.

•    Inabilidade para urinar. Isso precisa de tratamento imediato.

•    Não conseguir esvaziar completamente a bexiga.

•    Dor ao tentar urinar. Isso é mais comum se você tiver também uma infecção.

•    Infecção do trato urinário (ITU).

Como esse quadro clínico é diagnosticado?

Esse quadro clínico é diagnosticado com base no seu histórico médico, um exame físico e nos seus sintomas. Exames laboratoriais também serão realizados, como:

•    Um exame de bexiga pós-miccional. Esse exame mede qualquer quantidade de urina que possa ter permanecido na bexiga após o término da micção.

•    Exame de toque retal. Em um exame retal, seu médico verifica sua próstata colocando um dedo com luva lubrificada no reto para sentir a parte de trás da sua glândula prostática. Esse exame detecta o tamanho da sua glândula e qualquer inchaço ou crescimento anormais.

•    Exame de sua urina (urinálise).

•    Um rastreamento do antígeno prostático específico (PSA). É um exame de sangue usado para detectar o câncer de próstata.

•    Ultrassom. Esse exame usa ondas sonoras para produzir eletronicamente uma imagem da glândula prostática.

Seu médico pode pedir que você consulte um especialista em rins e doenças da próstata (urologista).

Como esse quadro clínico é tratado?

Assim que os sintomas aparecerem, seu médico vai monitora sua condição (vigilância ativa ou observação vigilante). O tratamento desse quadro clínico depende da gravidade da sua condição. O tratamento pode incluir:

•    Observação e exames anuais. Esse pode ser o único tratamento necessário se a sua condição e sintomas forem leves.

•    Medicamentos para aliviar os sintomas, incluindo:

0 Medicamentos que fazem a próstata diminuir.

0 Medicamentos para relaxar o músculo da próstata.

•    Cirurgia em casos graves. A cirurgia pode envolver:

◦    Prostatectomia. Nesse procedimento, o tecido da próstata é removido completamente através de uma incisão aberta ou com um laparoscópio ou robô.

◦    Ressecção transuretral da próstata (RTUP). Nesse procedimento, um instrumento é introduzido através da abertura da ponta do pênis (uretra). É usado para cortar tecido das partes internas do núcleo da próstata. As partes são removidas através da mesma abertura do pênis. Isso resolve o bloqueio.

◦    Incisão transuretral da próstata (ITUP). Nesse procedimento, pequenos cortes são feitos na próstata. Isso diminui a pressão da próstata sobre a uretra.

◦    Terapia transuretral por micro-ondas (TTUM). Esse procedimento usa micro-ondas para gerar calor. O calor destrói e remove uma pequena quantidade de tecido da próstata.

◦    Ablação transuretral por agulha (ATUA). Esse procedimento usa frequências de rádio para destruir e remover uma pequena quantidade de tecido da próstata.

◦    Coagulação intersticial por laser (CIL). Esse procedimento utiliza um laser para destruir e remover uma pequena quantidade de tecido da próstata.

◦    Eletrovaporização transuretral (EVTU). Esse procedimento utiliza eletrodos para destruir e remover uma pequena quantidade de tecido da próstata.

◦    Elevação prostática uretral. Esse procedimento introduz um implante para empurrar os lóbulos da próstata para longe da uretra.

Siga essas instruções em casa:

•    Tome medicamentos vendidos com ou sem receita médica somente de acordo com as indicações do seu médico.

•    Monitore seu sintomas e observe sinais de alterações. Converse com seu médico sobre qualquer mudança.

•    Evite beber grande quantidade de líquido antes de dormir ou quando estiver fora de casa.

•    Evite ou reduza a quantidade de cafeína e álcool que você bebe.

•    Não tenha pressa quando for urinar.

•    Compareça a todas as consultas de acompanhamento de acordo com as orientações do seu médico. Isso é importante.

Entre em contato com um médico se:

•    Sentir dor nas costas sem causa aparente.

•    Seus sintomas não melhorarem com o tratamento.

•    Desenvolver efeitos colaterais aos medicamentos que você estiver usando.

•    Sua urina se tornar muito escura ou tiver um cheiro ruim.

•    A parte inferior do seu abdome ficar distendida e você tiver dificuldade para urinar.

Obtenha ajuda imediatamente se:

•    Tiver febre ou calafrios.

•    Você de repente não conseguir mais urinar.

•    Sentir muita tontura ou vertigem ou desmaiar.

•    Houver uma grande quantidade de sangue ou coágulos na urina.

•    Seus problemas urinários se tornarem difíceis de controlar.

•    Você desenvolver dor nas costa ou lateral de moderada a intensa. O flanco é a lateral do seu corpo entre as costelas e o quadril.

Esses sintomas podem representar um problema sério e ser uma emergência. Não espere para ver se os sintomas desaparecem. Procure um médico imediatamente. Ligue para o número de emergência local (911, nos EUA). Não dirija por conta própria até o hospital.

Resumo

•    A hiperplasia prostática benigna (HPB) é um aumento na próstata causado pelo processo de envelhecimento normal, e não por um câncer.

•    Uma próstata aumentada pode pressionar a uretra. Isso pode atrapalhar a passagem da urina durante a micção.

•    Essa condição é parte do processo normal de envelhecimento e é mais provável que se desenvolva em homens com mais de 50 anos.

•    Procure ajuda imediatamente se, de repente, você não conseguir mais urinar.

Estas informações não se destinam a substituir as recomendações de seu médico. Não deixe de discutir quaisquer dúvidas com seu médico.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.